Share Button

O Brasil é o sexto país que mais consome chocolate no mundo. Estima-se que cada brasileiro come, em média, 2,7 quilos do doce por ano. Gramado, na serra gaúcha, é líder na produção de chocolate artesanal no Brasil. São 19 fábricas, que abastecem lojas espalhadas por todos os cantos. Pois alguns desses fabricantes resolveram atravessar os 1 056 quilômetros que separam Gramado de São Paulo para se instalar na cidade. A principal novidade é a inauguração da sexta unidade da Chocolataria Gramado na capital, desta vez na Avenida Pompeia. É a maior de todas as 13 lojas abertas no Estado de São Paulo. Ela abriu as portas há duas semanas e tem recebido, em média, 80 clientes por dia, segundo os números da proprietária Meire Amorim. “A aceitação do chocolate de Gramado é muito grande”, afirma. “Quem ainda não experimentou já ouviu falar”.

blog-do-xan-chocolataria-gramado-sao-paulo-cafe

Segundo Meire, as campeãs de vendas são as trufas com recheio de uísque ou amarula (R$ 1,70 a unidade) e as barrinhas de chocolate com cereja (R$ 1,70). A professora universitária Marcela Ferreira, 31 anos, cliente da unidade do Tatuapé tem os seus favoritos: ”Os bombons de rum ou de laranja (R$ 1,50) são imbatíveis”.

A Prawer, fundada em 1974 e que se apresenta como a pioneira na fabricação de chocolate artesanal no Brasil, foi a primeira marca de Gramado a fincar âncora em solo paulistano. Com uma loja no Itaim Bibi e outra na Pompéia, a rede também conta com outros cinco estabelecimentos no interior paulista. A loja da Pompéia, que completa cinco anos em setembro, conquistou uma clientela fixa: “São Paulo tem uma grande quantidade de consumidores e também uma alta concorrência”, analisa Marise Levy, 54 anos, proprietária da unidade. “No começo, tive que investir na marca para deixá-la conhecida por aqui”. Os produtos mais procurados por seus clientes são os tabletes de chocolate (R$ 4,00), a ‘big trufa’ (R$ 4,00) e o bombom com marshmallow (R$ 5,20).

265053_204870979565453_2419626_n

Outras marcas gramadenses estão começando pelo litoral e pelo interior para testar o mercado paulista e depois se instalar em São Paulo. A chocolataria Caracol, por exemplo, possui três lojas em Santos e uma em São Vicente. Já a Lugano abriu uma loja no aeroporto de Viracopos em Campinas, a 90 km da capital.

CHOCOLATARIA GRAMADO – Unidade Pompéia
Avenida Pompéia, 1907, Pompéia
Tel. (11) 2729-3112

CHOCOLATARIA GRAMADO – Unidade Tatuapé
Rua Euclides Pacheco, 411, Vila Gomes Cardim
Tel. (11) 2574-6002

CHOCOLATARIA PRAWER – Unidade Pompéia
Rua Caraíbas, 463, Pompéia
Tel. (11) 3675-3684/(11) 3862-3247
www.prawerpompeia.com.br

Share Button